Gordinha

A Gordinha era a matriarca na Colónia do Sardoal, em Leça da Palmeira, que chegou a ter 25 gatos. Foi esterilizada aquando da aplicação do programa CED na colónia pela Fátima, nossa voluntária, em 2009 e 2010, e julgava-se ser a única sobrevivente dessa altura – desde então, uma vez controlada a reprodução, tendo alguns gatos desaparecido e tendo outros sido mortos num ataque de uma matilha de cães, a colónia tinha-se reduzido bastante.

No final do ano passado, a Gordinha apareceu com uma ferida funda e extensa na cara. A Fátima iniciou nova intervenção, para capturar esta bichana para tratamento e para esterilizar os gatos que entretanto se tinham fixado no local. Foram esterilizados 2 machos e 1 fêmea, mas a Gordinha começou a aparecer cada vez menos vezes para comer e a esperança foi-se desvanecendo. Até que, na véspera de ano novo, finalmente foi capturada. Nunca esqueceremos o cheiro fétido que a ferida exalava…

Foi levada ao veterinário e iniciou-se o tratamento, que se prolongou durante 6 semanas. A equipa veterinária que a assistiu foi incansável, e tudo foi tentado, nomeadamente uma limpeza cirúrgica e pensos com diferentes produtos cicatrizantes mas, perante a ausência de melhorias, foi feito um exame anátomo-patológico da ferida e constatou-se que não era traumática e sim resultado de um tumor altamente invasivo e sem cura possível.

Em conjunto com a veterinária e com a certeza que nada mais podia ser feito, foi tomada a decisão de terminar a vida da Gordinha com a dignidade que desejamos para todos os animais.

A despesa com a Gordinha ultrapassou os €100 pelo que, se puder ajudar, por favor faça-o para o IBAN da Miacis PT 50 0033 0000 454391 65486 05 (Millenium BCP). Quando o fizer, por favor avise-nos para donativos@miacis.org.

Evoluímos, protegendo-os.